Bioplástico – Sabias que plástico é feito de batata?

Curiosidades, Sofia Marques Correia, TodosComments (1)1795

À primeira vista, as embalagens desenvolvidas pela investigadora Idalina Gonçalves na Universidade de Aveiro (UA) parecem-se com as comuns embalagens de plástico, mas é apenas o aspeto. Estas embalagens são de bioplástico, produzidas exclusivamente a partir de batatas.

O bioplástico da UA para embalar alimentos pretende acabar com a ditadura do plástico sintético. Para além de ser biodegradável, os ingredientes deste “plástico” promovem uma melhor conservação dos alimentos quando comparados com os plásticos tradicionais.

Produzidas à base de amido, um dos hidratos de carbono presentes nas batatas e cujas propriedades permitem obter películas transparentes, resistentes à rutura, sem cheiro e sem sabor, as bioembalagens são também barreiras eficazes entre o alimento e o exterior.

Remover cola das mãos, limpar sapatos e polir talheres, são apenas alguns exemplos práticos das utilidades das batatas.

O facto de serem biodegradáveis é a grande vantagem deste produto. O plástico de batata criado em Aveiro perde 90 % do seu peso após 31 dias, muito menos tempo que um saco de plástico, que pode demorar centenas de anos a degradar-se.

A equipa da UA quer ainda aumentar o tempo de prateleira dos alimentos através das bioembalagens, diminuindo o desperdício alimentar. A ideia é incorporar substâncias presentes na casca da batata, que têm propriedades de barreira e resistência mecânica, antimicrobianas e antioxidantes.

Idalina Gonçalves Bioplástico batata aveiro

Idalina Gonçalves da Universidade de Aveiro

Atualmente, a batata é a quarta maior colheita do mundo e representa uma cultura alimentar em constante crescimento. Porém, o seu excesso de produção está a provocar um colapso no preço em praticamente todos os países europeus. Por exemplo, em Portugal, “o preço médio da batata chega a atingir os 5 cêntimos por quilo, o que representa um valor bastante inferior ao seu custo de produção”.

Por outro lado, a indústria alimentar de processamento da batata também gera muitos subprodutos, como a casca. Além disso, batatas inteiras que não podem ser enviadas para consumo humano também são desperdiçadas. Esta grande quantidade de batatas desperdiçadas gera um grande esforço na gestão de resíduos. Por isso, aproveitar estes materiais, valorizando-os, pode ser uma solução a considerar.

Sofia Marques Correia NOCTULER NOCTULA Channel

Este texto foi escrito pela NOCTULER Sofia Marques Correia. Gostavas de ver os teus textos no NOCTULA Channel? Envia-nos o tema sobre o qual queres escrever para info@noctulachannel.com.

Fonte: Universidade de Aveiro

 

ESTÁS À PROCURA DE EMPREGO?

Se estás à procura de emprego, sugiro que reformules o teu currículo para que te possas destacar da multidão!

Usa um destes modelos de currículo editáveis e totalmente personalizáveis em Word. Vê aqui

Modelo de currículo editável em Word

CV-PSS-E30D-007 - modelo de currículo editável em Word

Aproveita para ler o livro “Como conseguir emprego em 30 dias” em papel, PDF ou em formato ePub.

livro-como-conseguir-emprego-em-30-dias

Procuras mais dicas sobre emprego?

www.emprego30dias.com/dicas

Related Posts