Eletricidade no mercado livre

2020 é o novo prazo de mudança para o mercado livre de eletricidade

Eletricidade, Selectra, TodosComentários fechados em 2020 é o novo prazo de mudança para o mercado livre de eletricidade309

No dia 25 de novembro, foi aprovada, pelo Parlamento, a proposta do PCP de prolongar o prazo de adesão para o mercado livre de eletricidade no sector doméstico. A partir de agora, os consumidores, que ainda não escolheram o seu comercializador no mercado liberalizado, poderão fazê-lo até o dia 31 de dezembro de 2020.

Até à última sexta-feira, o prazo para que todos os clientes realizassem a transição era até finais de 2017, mas os parlamentares do Partido Comunista defendiam que a tarifa regulada aportava fiabilidade e confiança para o consumidor que, poderia usá-las, como referência para avaliar as tarifas dos contratos no mercado liberalizado.

Em setembro deste ano, a ERSE divulgou um relatório em que informava que até junho, o mercado de eletricidade já contava com 4,58 milhões de clientes e que 79% destes vinham do sector doméstico.

Carlos Afonso Sobral, responsável da Selectra Portugal, empresa comparadora de tarifas no mercado livre de energia, acredita que este adiamento do prazo é importante. Segundo a sua experiência, ele afirma que muitos portugueses ainda não são conscientes das vantagens do mercado livre de eletricidade e não têm ideia da quantidade de diferentes comercializadores que podem escolher. “A maior parte dos portugueses só conhece a EDP e umas duas ou três companhias mais; quando, na realidade, Portugal já conta com 21 fornecedores de eletricidade no mercado livre. Em muitas ocasiões, inclusive, as empresas que possuem as melhores tarifas são as menores e menos conhecidas porque tentam chamar a atenção e mostrar um diferencial através dos seus preços.”, afirmou o especialista em energia.

Carlos também lembra que, no mercado livre, o consumidor pode mudar de fornecedor de eletricidade sempre que acredite ser necessário (seja para buscar um melhor serviço, preço ou qualquer outra razão) sem que haja penalizações: “alguns consumidores têm medo de mudar de companhia e deixar a EDP, à qual já estão tão habituados, e decepcionarem-se; mas, caso isso aconteça, eles poderão regressar ou escolher qualquer outro novo comercializador sem pagar nenhum tipo de cargo por realizar esta mudança. O mercado livre de eletricidade não permite que as empresas realizem contratos com fidelizações pelo fornecimento de energia; o consumidor só precisará estar atento às cláusulas de obrigatoriedade por um tempo mínimo de contrato, caso tenha solicitado algum serviço extra, como um plano de assistência técnica.”.

O importante é que, a partir de agora, os portugueses ainda terão mais quatro anos para procurar compreender melhor como funciona o mercado liberalizado e quais são os comercializadores que apresentam maiores vantagens para eles nos momentos em que necessitem.

noctuler-selectra

Este artigo foi produzido pela equipa Selectra, líder no aconselhamento de tarifas de gás natural e electricidade em França e Espanha e agora em Portugal. Atualmente tem ao seu dispor o site dirigido aos consumidores de energia onde podem comparar as tarifas e ter toda a informação relacionada com o mercado livre.

 

ESTÁS À PROCURA DE EMPREGO? TENS QUE LER ESTE LIVRO:

livro-como-conseguir-emprego-em-30-dias

Se preferires, podes ler o livro em formato PDFwww.noctulastore.com/produto/pdf-como-conseguir-emprego-em-30-dias/

ebook-PDF-como-conseguir-emprego-em-30-dias-600x800

Sugiro igualmente que reformules o teu currículo para que te possas destacar da multidão! Usa um destes modelos de currículo editáveis e totalmente personalizáveis em Word. Vê aqui

Modelo de currículo editável em Word

Related Posts