Glonuts: Os donuts que brilham no escuro

Ideias Brilhantes, Natasha Pádua, Todos, UAU!Comentários fechados em Glonuts: Os donuts que brilham no escuro231

Para celebrar o Vivid Festival, um festival anual autraliano que envolve artistas, designers e fabricantes de iluminação de toda a Austrália e do mundo, uma pastelaria autraliana, a Black Star Pastry criou os drumroll um donuts brilhante! 

Estes donuts são parecidos aos donuts comuns, a diferença descobre-se no escuro: ele brilha! Não, não é radiotivo nem é feitiçaria, a sua fórmula simples tem conquistado fãs e curiosos. Apresentamos-te os Glonuts! 🙂

Apesar de parecer radioativo, o segredo está na cobertura de yuzu, uma fruta cítrica japonesa, com vitamina B. A vitamina B tem uma propriedade de fluorescência no comprimento de onda da luz, por isso adicionaram à receita do donuts um suplemento de vitamina B esfarelado.

Yuzu – fruta cítrica originária do Leste asiático

A inspiração surgiu através Chris Thé, o pasteleiro da Black Star Pastry, que tinha participado no Vivid em 2016. Chris imaginou uma forma de “usar as luzes do evento na comida”. Após alguns meses de experiências culinárias, a fórmula estava pronta para estrear no festival de 2017.

“Ver um espetáculo de luz incrível é uma coisa, comer é outra”!

Os criadores acharam que seria divertido ver as pessoas com algo brilhante nas mãos durante um evento escuro, em que tudo em redor brilha, inclusive a comida. O glonut é baseado no donuts BlackStar que consiste num brioche com metade da manteiga, por isso é leve para comer e não engorda. A magia está na glacê que brilha no escuro.

A cobertura é feita com Riboflavina (ou vitamina B) que brilha sob luz ultravioleta. A riboflavina é natural e segura para comer, afirmam criadores.

Esta não é a primeira comida que brilha no escuro, em 2014 a gelataria britânica “Lick me I’m Delicious” lançou um gelado bioluminescente feito com proteína de água-viva.

Nenhuma água-viva foi sacrificada no processo, um vez que um cientista chinês replicou a proteína em laboratório. Cada bola da sobremesa foi vendida por 225 dólares!

A gelataria australiana 196 Below também criou um gelado que brilha no escuro, mas usa um corante fluorescente alimentício.

Considerando que os seres humanos também “comem com os olhos”, o aspecto visual do produto é muito importante. O consumidor ainda tem medo de alimentos que brilhem porque parecem venenosos ou radioativos, mas se a indústria conseguir desenvolver ingredientes seguros para essa finalidade, acredito que em breve teremos muito mais opções brilhantes em festas, discotecas e bares.

Assim, fica mais fácil encontrar comida durante as festas! 🙂

Natasha Pádua NOCTULER NOCTULA Channel

Este texto foi escrito pela NOCTULER Natasha Pádua (natasha.padua@gmail.com), do Blog Eat Innovation, um site sobre projetos inovadores da área alimentar. Lê todos os artigos da Natasha aqui.

Fontes: spiedigitallibrarysciencedirect

 

ESTÁS À PROCURA DE EMPREGO?

Se estás à procura de emprego, sugiro que reformules o teu currículo para que te possas destacar da multidão!

Usa um destes modelos de currículo editáveis e totalmente personalizáveis em Word. Vê aqui

Modelo de currículo editável em Word

CV-PSS-E30D-007 - modelo de currículo editável em Word

Aproveita para ler o livro “Como conseguir emprego em 30 dias” em papel, PDF ou em formato ePub.

livro-como-conseguir-emprego-em-30-dias

Procuras mais dicas sobre emprego?

www.emprego30dias.com/dicas

Related Posts